Xbox One X é lançado nos EUA; saiba tudo sobre o novo console

Fonte: Primeira Hora | Publicado em: 07 de novembro de 2017 às 00:00

Foto: Internet

hega nesta terça-feira (7) aos Estados Unidos o Xbox One X, novo modelo do videogame da Microsoft que é mais potente que o original e promete rodar jogos em resolução 4K de forma nativa. O console ficou conhecido como Project Scorpio durante o período de desenvolvimento e custa US$ 500.


No Brasil, entra nesta terça em pré-venda. O Xbox One X será lançado no país em 15 de dezembro, de acordo com a Microsoft. O preço por aqui é de R$ 4 mil.


Veja as especificações técnicas do Xbox One X:

 

 

  • Processador central (CPU): AMD oito núcleos x86 de 2,3 GHz
  • Processador gráfico (GPU): 6 teraflops em 40 unidades computacionais a 1.172 MHz
  • Memória RAM: 12 GB GDDR5
  • Disco rígido: 1 TB
  • Leitor de disco: Blu-ray 4K UHD

 

O que é o Xbox One X?


O Xbox One X é a aposta da Microsoft no que está sendo chamado de console de meia-geração: um aparelho com especificações técnicas melhores (o Xbox One X promete ser quatro vezes mais rápido que o Xbox One convencional), mas que não representa uma nova geração de videogames. Ele segue compatível com os jogos e as tecnologias existentes. O PS4 Pro, da Sony, é o concorrente.


Os jogos ficam mais bonitos no Xbox One X?

 

O Xbox One X vem com uma configuração parruda de peças, equivalente a PCs para games de nível médio-alto. Isso permite que ele rode os jogos de Xbox One em versões mais bonitas e com melhor desempenho.


O carro-chefe desse pacote de melhorias é o processamento nativo de games na resolução 4K (Ultra HD), de 4.096 x 2.160 pixels. Isso significa que o Xbox One X renderiza imagens com quatro vezes o tamanho do Full HD (1.920 x 1.080 pixels), padrão atual de games, Blu-ray, Netflix, etc. Ou seja: imagens maiores = mais detalhes.


O HDR, tecnologia que reproduz imagens com mais contraste, mais brilho e mais definição nas cores, também ajuda na qualidade gráfica. O recurso, porém, já estava disponível no Xbox One S.


Mas no fim é o 4K nativo o que a Microsoft sustenta como grande vantagem do X sobre o PS4 Pro. O console da Sony também é mais poderoso que sua versão original, mas só atinge o 4K com "upscaling", recurso que amplia uma imagem de resolução menor até ela atingir o tamanho especificado. O PS4 Pro deve chegar ao Brasil nos próximos meses, mas ainda não há preço definido. Nos EUA, custa US$ 400.


A Microsoft também promete que os games aprimorados para Xbox One X têm desempenho turbinado. Um exemplo é "Gears of War 4", que no novo console roda a 60 quadros por segundo no modo campanha, ao invés dos habituais 30 quadros por segundo. A mudança deixa as animações do jogo mais naturais e com menos rastros de movimento.

 

O tempo de carregamento dos games no Xbox One X também costuma ser menor, de acordo com testes feitos pela mídia internacional. Enquanto "Assassin's Creed Origins" demora quase 1 minuto para começar no Xbox One S, a mesma tarefa leva pouco mais de 35 segundos no Xbox One X.


Preciso de algo além do Xbox One X para o 4K?


A Microsoft jura de pé de junto que todo modelo de display, seja ele 4K ou não, vai notar uma melhora gráfica e de performance com o Xbox One X. Mas é preciso salientar que o grosso da nova tecnologia só poderá ser presenciado em uma tela que seja compatível com ela – e de preferência com HDR.


Todos os games de Xbox One são compatíveis com 4K?

 

Não. Fica a cargo de cada produtora e/ou estúdio disponibilizar a atualização que aprimora seus games para o Xbox One X. Esse aprimoramento pode vir na forma de texturas de cenários, personagens e outros elementos na resolução 4K, compatibilidade com HDR e/ou algum tipo de incremento de performance.


A Microsoft ainda não confirmou oficialmente os games que têm melhorias disponíveis para Xbox One X já no lançamento. Veja abaixo os títulos que aparecem no site do console como tendo atualizações prontas para esta terça (7).
Resumindo...


A boa notícia: de acordo com a crítica internacional, o Xbox One X roda as melhores versões dos games multiplataforma e traz incrementos notáveis para os jogos exclusivos da plataforma. O visual é mais belo, os tempos de carregamento diminuem, e o desempenho sobe acentuadamente. E tudo isso numa caixa menor que o Xbox One S.


A má notícia: é difícil ter noção clara das melhorias do videogame quando a maioria das pessoas usa telas que ainda não têm resolução 4K ou HDR. E para fazer esse salto, é preciso adquirir um display que, no Brasil, gira em torno de R$ 5 mil – além dos R$ 4 mil do Xbox One X. Outro problema são as atualizações: alguns jogos, como "Quantum Break", ficam com mais de 100 GB depois do aprimoramento para o X.


Veja os games já aprimorados para Xbox One X:

 

 

  • "Ashes Cricket"
  • "Assassin's Creed Origins"
  • "Call of Duty: WWII"
  • "Crossout"
  • "Danger Zone"
  • "Dead Rising 4"
  • "Diablo III: Reaper of Souls - Ultimate Evil Edition"
  • "Disneyland Adventures"
  • "F1 2017"
  • "Fallout 3"
  • "Farming Simulator 17"
  • "FIFA 18"
  • "Forza Motorsport 7"
  • "Gears of War 4"
  • "GRIDD: Retroenhanced"
  • "Halo 3"
  • "Halo 5: Guardians"
  • "Halo Wars 2"
  • "Killer Instinct"
  • "L.A. Noire"
  • "Madden NFL 18"
  • "Mantis Burn Racing"
  • "Marvel vs. Capcom: Infinite"
  • "Morphite"
  • "NBA Live 18"
  • "Need for Speed Payback"
  • "Outlast 2"
  • "Path of Exile"
  • "Portal Knights"
  • "Project Cars 2"
  • "Quantum Break"
  • "Rise of the Tomb Raider"
  • "Rush: A Disney Pixar Adventure"
  • "Sonic Forces"
  • "Super Lucky's Tale"
  • "Super Night Riders"
  • "The Elder Scrolls IV: Oblivion"
  • "Titanfall 2"
  • "Transcripted"
  • "World of Tanks"
  • "Zoo Tycoon: Ultimate Animal Collection"

Deixe seu Comentário

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja Também