Em “melhor temporada da carreira”, Rafael Lima analisa ano pelo América-MG e planeja 2018

Fonte: Assessoria CBF | Publicado em: 06 de dezembro de 2017 às 14:42

Foto: Assessoria CBF

Individualmente a melhor temporada da carreira. Assim o zagueiro Rafael Lima definiu seu ano. Capitão, campeão e um dos destaques da Série B do Campeonato Brasileiro, o defensor foi o atleta do América Mineiro que mais atuou em 2017, acumulando 53 partidas.

 

Além disso, Rafael acumula outros feitos. Marcou seis gols no ano, sua melhor marca na carreira e, de quebra, foi o quarto jogador na artilharia da equipe. Terminou a Série B com a defesa menos vazada, com 25 gols sofridos, e a que mais saiu de campo sem sofrer gol, das 38 rodadas da competição, não foi vazado em 21. Também foi responsável por marcar o primeiro gol na partida que garantiu o acesso do time mineiro, na vitória fora de casa sobre o Figueirense por 2 a 1, e o gol do título, no triunfo sobre o CRB por 1 a 0 na última rodada, no Independência. Sem contar que conquistou seu terceiro acesso da carreira, sendo este o segundo para a Série A do Brasileirão. “Sem dúvidas, essa temporada em termos individuais, foi a principal da minha carreira, a melhor de todas. Foi um ano maravilhoso, não tive nenhum tipo de lesão, nada me atrapalhou e eu consegui ter um bom desempenho. Joguei praticamente todas as partidas do ano e pude ajudar o América nesse retorno à primeira divisão, estou muito feliz por tudo que aconteceu em 2017”, avaliou o zagueiro, que ainda foi o segundo jogador de linha que mais atuou nesta Série B, foram 3.326 minutos jogados.

 

Natural de Florianópolis, Santa Catarina, Rafael Lima aproveita o período de férias para descansar ao lado da família, mas por pouco tempo, isso porque o capitão do Coelho já está de olho em 2018. “Quero curtir minha família, dar uma descansada e aproveitar a praia. Mas logo já volto a treinar, no dia 10 devo iniciar um trabalho com meu amigo Maicon, preparador físico, que vai me ajudar passando alguns treinos. Ano que vem os jogos começam mais cedo e quero voltar bem, por isso preciso me preparar”, revelou o experiente atleta de 31 anos.

 

Para 2018, o zagueiro espera repetir uma temporada tão vitoriosa quanto esta. “Foi um ano fantástico e vamos trabalhar muito para fazer de 2018 tão bom ou melhor ainda do que foi 2017. Meu foco está no América Mineiro, tenho contrato até 31 de dezembro de 2018 e meu objetivo é continuar fazendo história no clube, minha ideia é inclusive renovar por mais tempo para seguir vestindo a camisa desse time que me recebeu tão bem. Sei que podem surgir algumas possibilidades, até pelo bom ano que o grupo teve, mas qualquer clube que queira contar comigo, terá que conversar primeiro com diretoria do América”, concluiu.

Deixe seu Comentário

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja Também