Febre amarela: entenda como ocorre a transmissão da doença e saiba como se prevenir

Fonte: Governo do Brasil, com Ministério da Saúde e da Fiocruz | Publicado em: 18 de de 2018 às 10:46

Foto: Governo do Brasil, com Ministério da Saúde e da Fiocruz

Conheça alguns cuidados para evitar a febre amarela

 

Qual é o tipo?

 

Todos os casos de febre amarela registrados no Brasil são do tipo silvestre. Isso quer dizer que a transmissão ocorreu pela picada dos mosquitos Haemagogus ou Sabethes, que vivem predominantemente em áreas silvestres e de matas. Primeiro, eles picam um macaco doente e adquirem o vírus. Depois de alguns dias, eles já são capazes de transmitir a febre amarela a outros macacos ou humanos.  

 

Reforço

 

A transmissão por Aedes aegypti não ocorre desde 1942. Para evitar que isso volte a ocorrer, o Ministério da Saúde reforçou as ações na área de vacinação e de combate ao mosquito. Essas são as principais formas de combater a doença, que não é contagiosa.  Ou seja: não é transmitida de humanos para humanos ou de macacos para humanos. 

 

Informações

 

Apenas os mosquitos transmitem a doença; macacos são vítimas assim como os humanos. Caso a população encontre animais mortos ou doentes, deve informar o mais rapidamente possível ao serviço de saúde do município ou do estado onde vive, pelo número de telefone 136. 

Deixe seu Comentário

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja Também