Jogador de PUBG sobrevive a ataque de namorada com espada samurai e vibra

Fonte: SporTV.com | Publicado em: 22 de de 2018 às 16:39

Foto: Internet

O jogador de PlayerUknown´s Battleground (PUBG), Alex "Biggie" Lovell, por pouco não perdeu a vida em um ataque da namorada, Emily Javier, com uma espada samurai. A agressão aconteceu no estado do Oregon, nos Estados Unidos, no começo deste mês. Emily morava com o namorado quando descobriu, na semana anterior ao ataque, que Biggie tinha um aplicativo de relacionamentos instalado no celular. Ela já vinha reclamando que o americano passava cerca de 12 a 13 horas por dia dedicado ao jogo, "levando uma vida como proplayer" de acordo com a vítima. Quando viu o aplicativo concluiu que os arranhões nas costas e o cabelo ruivo no ralo do banheiro eram de uma amante, já que nenhum dos dois têm cabelos daquela cor.

 

Desacreditada na inocência de Biggie, Emily resolveu comprar uma espada samurai, a Katana, e escondeu na cabeceira da cama com a intenção de matá-lo durante o sono. Quando o namorado de dois anos dormiu, Emily fez o ataque utilizando a ajuda da lanterna do celular.

 

- A sensação por ter vencido a luta com as minhas próprias mãos é o melhor sentimento da vida. Pratiquei muitos esportes, venci grandes jogos, fiz manobras incríveis de snowboard. Isso foi bem melhor - comemorou Biggie.

 

- Eu consegui me salvar graças ao wing chun - contou Biggie em entrevista ao jornal The Oregonian, ao se referir às artes marciais chinesa.

 

Com o conhecimento da luta, o jogador de 29 anos, conseguiu se defender. Ao perceber a quantidade de sangue com o ataque, Emily resolveu ligar para o 911 e se entregar, conforme depoimentos à polícia. Biggie quase perdeu o dedo indicador, do meio e o anelar. Além disso, ele sofreu cortes profundos nos pés e pernas, fraturou o punho e tem vários outros machucados no tórax, pescoço e lado esquerdo da cabeça.

 

- Eu me preparei a vida inteira para algo assim - disse.

 

Amigos do PUBG estão ajudando com a arrecadação dos custos médicos.

 

Namorada será julgada por tentativa de homicídio


Emily está presa com a fiança estipulada em US$350 mil (R$1.15 milhão de reais na cotação atual) e será julgada por tentativa de homicídio. Em depoimento, a mulher de 30 anos, disse que estava frustrada com a quantidade de tempo que Biggie ficava no game.

 

Após uma cirurgia, os médicos conseguiram juntar os dedos de Biggie. Ao saberem da história, colegas do PUBG fizeram um perfil no site GoFundMe para ajudar com as despesas médicas de cerca de R$ 33 mil. Até o momento, já arrecadaram aproximadamente R$27 mil. A previsão é que ele volte a andar em seis meses e que, com o tratamento de fisioterapia, ele recupere completamente o movimentos das maõs. Até lá, Biggie celebra a vida.

Deixe seu Comentário

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja Também