Canadense é espancado até a morte acusado de matar curandeira na Amazônia

Fonte: RedeTV! | Publicado em: 24 de de 2018 às 08:33

Foto: RedeTV!

O canadense Sebastian Woodroffe foi linchado até a morte após acusado por moradores locais de matar a Xamã Olivia Arévalo, de 81 anos. O caso aconteceu na região de Ucayali, na parte peruana da floresta amazônica.

 

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra um homem - mais tarde identificado como Woodroffe - sendo espancado. Nas imagens ele aparece ensanguentado e implora por misericórdia antes de se deitar imóvel no chão. 

 

Segundo o Ministério do Interior peruano, o canadense foi encontrado em uma vala próxima a residência de Arévalo no último sábado (21).

 

(Foto: Reprodução/Facebook)

 

A curandeira pertence a tribo Shipibo-Konibo e morreu na quinta-feira (19) depois de ser baleada duas vezes. Moradores disseram a uma agência de notícias indígena que testemunharam Woodroffe disparar contra a xamã.

 

Arévalo comandava um centro de cura alternativa e faz parte de uma longa linhagem de curandeiros. O canadense morava no local e era um dos pacientes da mulher.

Deixe seu Comentário

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja Também