Escritório Regional de Saúde realiza roda de conversa sobre influenza em Água Boa

Fonte: SES-MT | Publicado em: 24 de de 2018 às 10:52

ERSAB realiza roda de conserva sobre Influenza | Foto: SES-MT

A direção do Escritório Regional de Saúde de Água Boa realizou uma roda de conversa para tratar do protocolo de tratamento da gripe Influenza com os técnicos das Vigilâncias Sanitária e Epidemiológica, do setor de Regulação e de Atenção a Saúde do ERSAB. Também participaram os coordenadores de Vigilância em Saúde e Atenção a Saúde do município.

 

Foram abordados os aspectos clínicos da doença, incluindo os sinais de agravamento e as condições e fatores de risco para complicações; a definição e diferenciação de Síndrome Gripal (SG) e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG); a classificação e manejo do paciente suspeito ou confirmado para Influenza; quais as indicações de uso dos antirretrovirais; a importância da coleta do material para identificação do agente causador da SG ou SRAG; a necessidade da notificação dos casos suspeitos de Influenza para pacientes com SRAG hospitalizados; a descrição das referências em baixa, média e alta complexidade para monitoramento e tratamento dos pacientes; bem como a questão da imunização da população priorizando o público-alvo da 20ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza.

 

De acordo com Camila Trentin Zandoná, farmacêutica do Escritório Regional de Saúde de Água Boa, observou-se durante a roda de conversa a importância dos profissionais da área em debater sobre a doença, sendo sanadas diversas dúvidas e esclarecidos pontos importantes do protocolo. Também se aproveitou a atividade para estabelecer alguns fluxos de forma adequada.

 

Dentre os itens abordados alertou-se para o uso mais criterioso dos medicamentos antirretrovirais para o tratamento e quimioprofilaxia da Síndrome Gripal e Síndrome Respiratória Aguda Grave e a necessidade tanto da vacinação como do uso de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e de notificação da Síndrome Respiratória Aguda Grave.

 

Zandoná informou também que todos os participantes receberam cópias da Nota Técnica nº 001/2018/ERSAB/SES-MT, baseada no Protocolo de Tratamento da Influenza e os documentos disponibilizados pelo Ministério da Saúde, e cópia de orientação técnica do LACEN-MT (Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso), sobre a coleta de material para análise, acondicionamento e transporte de amostras para detecção viral.

Deixe seu Comentário

Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!

Veja Também